Turismos rurais e hotéis

Este hotel do início do século XX agora é um hostel — e continua gigante

Os descendentes do poeta e escritor Teixeira de Pascoaes não desistiram da propriedade da família, o Grande Hotel Silva, e ainda bem. O resultado é maravilhoso.

Foi tudo aproveitado. Até as camas, que ficaram maiores.

Francisca Fonseca estava a viver no Brasil quando foi desafiada pelo pai para regressar a Amarante. A razão era bem aliciante: ele queria comprar aos primos todas as partes do Grande Hotel Silva, um hotel histórico na cidade. Com décadas de existência — os primeiros registos remontam a 1902, mas ninguém sabe ao certo se não será ainda mais antigo —, estava fechado há dez anos e essa realidade era demasiado triste para suportar. Estava na altura de fazer alguma coisa.

O Des Arts – Hostel & Suites abriu no início de julho e tem 24 quartos – 15 suites e nove quartos —, a maioria com vista para o rio Tâmega. Há também uma cozinha partilhada, onde também é servido o pequeno-almoço, e um bar onde toda a gente pode ir beber um cocktail enquanto petisca de uma qualquer tábua de queijos e enchidos.

“Esta casa pertencia aos avós da minha avó”, explica à NiT Francisca Fonseca, descendente do poeta e escritor Teixeira de Pascoaes. “Depois transformou-se num hotel, até entrar em declínio e fechar.” A data certa da abertura é uma incógnita, mas a linha cronológica remonta a pelo menos 1902, quando surgem os primeiros registos. Foi o primeiro hotel da região.

E em breve voltaria a receber hóspedes. Juntamente com os irmãos, Rita e Álvaro, e com o marido, Roberto Feitosa, em 2014 começaram as obras de reabilitação do espaço. A parte exterior ficou intacta, lá dentro ficou tudo um bocadinho diferente. Foi preciso adaptar o espaço ao conceito de hostel, e também inovar um bocadinho — é o caso das camas das camaratas, mas já lá vamos. Esta história é daquelas que merecem ser contadas devagar.

Estávamos então em 2014 quando começou o projeto de reabilitação do espaço. Sentido a necessidade de oferecer algo diferente à cidade, a família decidiu transformar o Grande Hotel Silva num hostel. Era a oportunidade de criar um alojamento low cost para os turistas, claro, mas também para os muitos grupos e excursões que chegam todos os dias a Amarante.

Mas não era por estarem prestes a abrir um hostel que iriam “desleixar-se” na qualidade. Afinal, não se podiam esquecer da herança do Grande Hotel. Teria de continuar a ser tudo grande, tal como nos outros tempos. 

LOCALIZAÇÃO, CONTACTOS E HORÁRIOS

morada
  • Des Arts – Hostel & Suites [ver mapa]
    Rua Cândido dos Reis, 53
    4600-758 Amarante
    localização
    Norte

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT