Na cidade

Um roteiro de coisas imperdíveis para descobrir nas ilhas do Pico e no Faial

Há piscinas naturais, parques gratuitos, peixe e carne fresca e trilhos na natureza. Além, claro, das baleias.
O Faial e o Pico estão a oito quilómetros de distância.

Em 1926, no livro “As Ilhas Desconhecidas”, Raul Brandão descrevia o Faial como a “ilha azul” — tudo porque esta ilha no arquipélago dos Açores todos os anos fica coberta por hortênsias azuis. Por muito bonitas que sejam (e práticas, também, já que servem para dividir os terrenos), tenha cuidado: elas são alucinógenas e, por isso, não devem ser ingeridas de qualquer forma.

Esta é só uma das muitas características do Faial, ilha de 15 mil habitantes e 30 mil vacas, historicamente ligada aos germânicos flamengos — houve muitos que imigraram para a ilha açoriana ao longo dos séculos, o que resultou nalguns nomes peculiares, como a conhecida praia de Porto Pim.

Além disso, muitos faialenses são mais altos do que os outros açorianos — outra herança flamenga. O azul das hortênsias combina com o verde da vegetação natural que cobre grande parte do território.

Por toda a ilha ao longo do verão há festas em honra do Espírito Santo. Nesta altura, as freguesias oferecem aos habitantes uma noite de festa, com comida e bebida. Um dos espaços mais famosos do Faial é o Peter Café Sport, um restaurante e bar náutico que fica mesmo em frente da marina mais visitada de Portugal, a do Faial, no meio do Oceano Atlântico.

Em frente do Faial — a apenas oito quilómetros — fica a ilha do Pico, onde está o ponto mais alto de Portugal. Há uma grande ligação entre estas duas ilhas dos Açores: pessoas que vivem numa e trabalham noutra, por exemplo, e que todos os dias apanham o ferry. 

Na Semana do Mar, que este ano aconteceu entre 7 e 12 de agosto, o grande destaque são os desportos náuticos — apesar de existirem também concertos — e há uma prova de natação entre o Faial e o Pico. Dezenas de pessoas fazem a travessia no oceano e à sua volta vão amigos e familiares em pequenos barquinhos com copos para beber e oferecer. É uma grande tradição local.

Carregue na galeria para descobrir alguns dos sítios (e coisas para fazer) imperdíveis no Faial e no Pico. Quase todas as fotografias foram captadas com o Huawei Pro 30 e a NiT viajou a convite da Huawei.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT