Na cidade

Arouca homenageia as vítimas da Covid-19 com um Terço que pode ser visto do ar

Para lembrar as vítimas e deixar um sinal de esperança, cidadãos de uma freguesia de Arouca criaram um gigante sinal no chão.
Imagem partilhada no Facebook.

Um grupo de cidadãos de uma freguesia de Arouca decidiu deixar uma marca, visível do céu, do que acredita ser mais preciso em tempos de pandemia: esperança. Um gigante Terço da Esperança foi criado no chão pela população da freguesia de Mansores, como uma forma de homenagear as vítimas de Covid-19 com uma obra gigante, que pode ser vista do céu.

Segundo adianta a “TVI24” o terço gigante, com a imagem de Nossa Senhora no interior, foi elaborado através de rolos de palha envoltos em plástico branco. No domingo, 24 de maio, a população de Mansores juntou-se no local, por das 20 horas para rezar o terço. Na cerimónia, foram acendidas várias velas, que iluminaram este “Terço da Esperança”.

No Facebook da Catequese de Mansores explica-se que o terço está num dos campos do vale agrícola de Mansores, e que só neste concelho houve já cinco vítimas mortais do novo coronavírus.

Publicado por Catequese de Mansores em Domingo, 24 de maio de 2020

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT