Na cidade

Temperaturas chegam aos 42 graus — e vão deixar todos os distritos em aviso amarelo

O tempo quente obrigou também o IPMA a colocar quase uma centena de concelhos em risco máximo de incêndio.
Foto de Riccardo Bresciani.

A onda de calor que chegou a Portugal é para ficar, sendo que haverá uma subida gradual ao longo da semana. De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas vão ultrapassar os 40 graus em algumas zonas do País.

Esta terça-feira, 14 de julho, o tempo quente obrigou o IPMA a colocar quatro distritos do continente em aviso amarelo. São eles Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja. Também o arquipélago da Madeira está em alerta. A partir de quarta-feira, dia 15, todos os distritos de Portugal Continental ficam sobre o mesmo aviso.

Com várias zonas do País a ultrapassar a chegar a máximas de 40 graus desde terça-feira, como é o caso de Évora, os termómetros aumentam ainda mais nos dias seguintes. Na quinta-feira, 16 de julho, por exemplo, os distritos de Évora e Beja atingem os 41 graus, enquanto Santarém chega aos 42.

Há concelhos de 14 distritos em risco máximo de incêndio

Também esta terça-feira, devido ao tempo quente, estão cerca de uma centena de concelhos de 14 distritos portugueses em risco máximo de incêndio — de Faro, Santarém, Leiria, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Aveiro, Viseu, Coimbra, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança.

O IPMA colocou também em risco muito elevado e elevado de incêndio quase todos os concelhos de todos dos 18 distritos de Portugal continental. Este alerta deve manter-se, pelo menos, até ao fim de semana.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT