Na cidade

Spas, termas e praças de touro podem reabrir no dia 1 de julho

A medida foi aprovada esta quinta-feira, dia 25 de junho, em Conselho de Ministros.
Que maravilha.

Foi aprovada esta quinta-feira, dia 25 de junho, a reabertura de spas, termas e praças de touros a partir do próximo dia 1 de julho. A decisão tomada em Conselho de Ministro é mais uma das medidas de desconfinamento face à pandemia do novo coronavírus.

Os salões de festas, pavilhões ou recintos desportivos interiores terão de continuar encerrados, bem como os bares e discotecas, com a exceção dos que estejam integrados em estabelecimentos turísticos ou de alojamento local.

Portugal passa, a partir do dia 1 de julho, ao Estado de Alerta, com a exceção da Área Metropolitana de Lisboa. O País mantém assim a possibilidade de ajuntamentos até 20 pessoas. Já a Área Metropolitana de Lisboa, por registar esta quinta-feira 77 por cento dos novos casos, não pode registar ajuntamentos de mais de dez pessoas.

Foi também declarado o dever cívico de recolhimento domiciliário em 19 freguesias de Lisboa, bem como multas para quem não cumprir as novas regras dos ajuntamento, que vão dos 100 aos 500 euros para pessoas singulares, e dos mil aos cinco mil euros para pessoas coletivas.

As 19 freguesias são: Santa Clara (Lisboa), Alfragide, Águas Livres, Falagueira/Venda Nova, Encosta do Sol, Venteira e Mina de Água (Amadora); Odivelas, Pontinha/Famões, Póvoa de Santo Adrião/Olival Basto e Ramada/Caneças (Odivelas); Agualva/Mira Sintra; Algueirão/Mem Martins, Cacém/ S. Marcos, Massamá/Monte Abraão, Queluz/Belas e Rio de Mouro (Sintra); e Camarate/Unhos/Apelação e Sacavém/Prior Velho (Loures).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT