Na cidade

A Rua dos Bacalhoeiros já é azul — e ideal para andar a pé ou de bicicleta

Mudança não foi sem discussão mas já são conhecidas as primeiras imagens.

Em tempos de pandemia, Lisboa tem contado com coloridas mudanças, com o objetivo de alargar a área pedonal, aumentando a distância física nos passeios e o espaço para as esplanadas. Este sábado, 11 de julho, a Rua dos Bacalhoeiros ficou mais azul já com as novas mudanças.

O tema foi bastante debatido por estes dias e não passou sem críticas entre lisboetas mas esta alteração na rua da Baixa integra uma iniciativa maior da Câmara Municipal de Lisboa, intitulada “A Rua é Sua”.

O objetivo, segundo a própria autarquia liderada por Fernando Medina, passa por garantir “maior segurança e, simultaneamente, apoiando a restauração e comércio local”. A Rua Cláudio Nunes, em Benfica, ficará também mais verde, na sequência da mesma iniciativa.

Em comunicado, e perante algumas críticas às alterações que agora podemos ver na Rua das Bacalhoeiros, a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior esclareceu que o projeto foi aprovado por unanimidade na Assembleia Municipal de Lisboa e que visava alargar o espaço público como forma de contrariar “profunda crise”, que tem atingido a restauração e o comércio em zonas do centro histórico da capital.

Fotografias de Luís Filipe Catarino e Ana Luísa Alvim.

A junta de freguesia acordou com a câmara a pedonalização e fecho temporário de três ruas no seu território, duas delas “com escasso e residual trânsito”. Estas artérias, adiantou em comunicado, são a Rua Nova da Trindade (troço entre o Largo da Trindade e a Travessa João de Deus), a Rua dos Bacalhoeiros (no troço até à Rua da Padaria) e a Rua João das Regras.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT