Na cidade

Preço das casas voltou a subir em Portugal

O aumento verificado no terceiro trimestre é o menor do ano, porém indica que a subida continua.
Casas continuam a encarecer.

Os preços das casas usadas em Portugal continuam a subir — a um ritmo menor, mas ainda assim, a subir. Segundo o último índice imobiliário de venda do portal Idealista, referente ao terceiro trimestre de 2019, neste período as casas ficaram 2,5 por cento mais caras face ao trimestre anterior.

Isto quer dizer que a média nacional do metro quadrado já está nos 1.981 euros, uma subida de 15 por cento face ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o estudo divulgado esta quarta-feira, 2 de outubro, todas as regiões do país viram as casas ficarem mais caras neste trimestre, com exceção do Alentejo, onde os preços desceram um por cento.

As maiores subidas registaram-se na Região Autónoma dos Açores, que viu os preços aumentarem 4,1 por cento, seguida do Norte (2,7 por cento), Área Metropolitana de Lisboa (2,7 por cento), Região Autónoma da Madeira (1,8 por cento), Algarve (1,4 por cento) e Centro (um por cento).

A Área Metropolitana de Lisboa, com 2.883 euros por metros quadrados continua a ser a região mais cara para comprar uma casa, seguida pelo Algarve (2.183 euros por m2), Norte (1.613 euros por m2) e Região Autónoma da Madeira (1.567 euros por m2).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT