Na cidade

Moliceiros regressam à ria de Aveiro com novas medidas de restrição

As 27 embarcações deverão começar a transportar visitantes já este fim de semana.
A ria volta a encher-se de cor.

Após dois meses paradas por causa da pandemia do novo coronavírus, as embarcações típicas de Aveiro já podem voltar a funcionar com medidas de higiene e segurança, avança a “Lusa”, citada pelo “Público”.

O regresso dos tradicionais moliceiros surge após a nota emitida pelo Turismo de Portugal, esta segunda-feira, 1 de junho, que esclarece que a animação marítimo-turística pode retomar a sua atividade. Esta é uma das medidas que fazem parte da terceira fase de desconfinamento que o País, salvo algumas exceções na região de Lisboa e Vale do Tejo, está a atravessar — apesar de o estado de calamidade continuar ativo.

Neste tipo de turismo também se aplica o selo “Clean & Safe”, atribuído pelo Turismo de Portugal, e que garante que estão reunidas as condições necessárias face ao surto de Covid-19.

Todo o tipo de embarcações de turismo deve ter uma lotação máxima de 50 por cento face ao habitual, todos os passageiros e tripulantes são obrigados a utilizar máscara, apesar de ser uma atividade ao ar livre, as mãos devem ser desinfetadas antes de entrar e a embarcação desinfetada no final de cada passeio.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT