na cidade

Bicicletas elétricas da Uber chegaram a Lisboa: já pode andar de Jump

É a primeira cidade europeia a receber 750 bicicletas da empresa norte-americana. Há viagens grátis para o lançamento.
Elas já estão na cidade.

Depois dos motoristas e da entrega de comida, a Uber introduziu 750 bicicletas elétricas nas ruas da capital, já disponíveis a partir desta quinta-feira, 28 de fevereiro. Lisboa é, assim, a primeira cidade europeia a receber o serviço Jump da empresa norte-americana.

A apresentação foi feita esta quinta-feira e as Jump, facilmente reconhecíveis pela sua cor vermelha, já andam pela cidade. Mas pode ter de procurá-las. As bicicletas não vão ter docas fixas, ao contrário do que acontece com a rede Gira.

“Estamos entusiasmados em lançar as bicicletas elétricas Jump em Lisboa e contribuir para que mais pessoas consigam viajar em alternativa ao carro próprio”, explicou o co-fundador e CEO da Jump, Ryan Rzepecki.

De acordo com as informações partilhadas pela Uber com a NiT, as bicicletas vão estar disponíveis 24 horas por dia na cidade. A empresa garante 90% de cobertura do município e diz que o facto de serem elétricas faz com que Lisboa seja uma cidade onde é fácil circular enquanto pedala — apesar das sete colinas. 

Segundo a empresa, as Jump foram projetadas pelas equipas internas de design e engenharia da Uber para oferecer uma viagem conveniente, mas segura, tanto para os utilizadores quanto para os residentes. As bicicletas têm uma estrutura personalizada, atingem 25 quilómetros por hora e a autonomia é superior a 30 quilómetros.

Por causa do seu sistema dockless, o utilizador pode viajar pelo município e deixar a bicicleta no final de cada viagem em todas as zonas autorizadas para estacionamento na cidade, com a funcionalidade “true-lock” — ou seja, têm um cadeado incorporado.

A Câmara de Lisboa aprova a medida e Miguel Gaspar, vereador da Mobilidade e Segurança, afirma, citado pela empresa norte-americana, que a escolha de Lisboa como entrada da Jump na Europa é acolhida com satisfação: até porque se enquadra “no âmbito da promoção dos transportes sustentáveis” da CML.

Há promoções de lançamento.

A autarquia adianta ainda que as Jump podem ser um “importante complemento da rede Gira”, gerida pela EMEL.

Para celebrar este lançamento das suas e-bikes em Lisboa, a empresa norte-americana está a oferecer 10 dias de viagens gratuitas para a experiência deste produto (duas viagens no máximo, até 20 minutos).

Depois, passam a custar 15 cêntimos por minuto mas sem o acréscimo do desbloqueamento.

A empresa vai ainda distribuir capacetes gratuitos para promover a segurança entre os utilizadores.

Para utilizá-las, só tem de instalar app da Uber e selecionar a opção Pedalar. Depois escolhe uma bicicleta para desbloquear estacionada nas proximidades. De seguida, dirige-se à bicicleta escolhida, introduz o PIN de desbloqueio disponível na aplicação e remove e guarda o cadeado. Após verificar as condições de segurança dos travões e pressão de pneus, pode começar a viajar.

No final da viagem, deve estacionar a bicicleta dentro da zona Jump apresentada no mapa da aplicação e usar o sistema de bloqueio para concluir o aluguer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT