Na cidade

Além do apagão habitual, este ano a Hora do Planeta vai ser digital

Devido à pandemia do coronavírus, o conhecido apagão vai dar lugar a atividades de sensibilização online, a partir de sábado.
Várias cidades vão aderir à iniciativa.

No próximo sábado, 28 de março, acontece mais uma edição da Hora do Planeta, organizada pela ANP|WWF . Este ano, vários países estão a organizar eventos virtuais, de modo a garantir a saúde pública e também como forma de solidariedade com as pessoas afetadas pela Covid-19. Em Portugal, a iniciativa apela a que celebridades, cidadãos, ambientalistas e membros do governo se unam ao mostrar o seu apoio online à natureza e às pessoas.

O principal objetivo passa por inspirar indivíduos, empresas e organizações de mais de 180 países e territórios a renovar o seu compromisso com o planeta. Com eventos totalmente digitais, pode contar com músicas e receitas ao vivo, além de experiências sustentáveis, numa transmissão em direto no Facebook da organização, feito a partir de casa, em segurança. Mas também pode partilhar os seus conhecimentos com os outros, criando os seus momentos online. A associação compromete-se a divulgar todas as iniciativas dos cidadãos no site horadoplaneta.pt e nas suas redes sociais.

Apesar de o evento este ano passar a ser digital, a organização apela a, desde que seja seguro fazê-lo, que monumentos e edifícios por todo o País apaguem as suas luzes durante uma hora. Alguns dos mais importantes da zona da capital portuguesa já aderiram, como é o caso do Santuário do Cristo Rei e da Ponte 25 de Abril. Até à data já são mais de 100 municípios aderentes. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT