Na cidade

Festa privada de 40 pessoas na Comporta interrompida pela GNR

Aconteceu numa moradia vedada, tendo as autoridades sido chamadas por uma denúncia. Os casos sucedem-se.
Aconteceu numa moradia, na região da Comporta.

Os casos sucedem-se. Depois da notícia de uma noite agitada em Loures, onde várias pessoas chegaram a ser detidas após a PSP encontrar diversos ajuntamentos noturnos, sabe-se que, também na Comporta, os pedidos de contenção das autoridades não foram suficientes para impedir os encontros. Segundo a Lusa, esta quinta-feira, 25 de junho, a GNR teve de interromper uma festa privada que decorria com cerca de 40 pessoas numa moradia daquela região, em infração às regras definidas para o combate à pandemia da Covid-19.

Segundo um comunicado do Comando Territorial de Setúbal da GNR deste sábado, dia 27, citado pela agência, após uma denúncia de que estaria a decorrer uma festa privada, com a presença de algumas dezenas de pessoas, os militares deslocaram-se ao local e encontraram, numa moradia vedada, “a presença de cerca de 40 pessoas, tendo procedido à identificação do responsável pelo evento, fazendo igualmente cessar o mesmo”.

As autoridades têm apelado sucessivamente à contenção e ao cumprimento dos regulamentos sobre ajuntamentos, devido a vários surtos de coronavírus que surgiram nas últimas semanas no nosso País, depois de festas ou encontros, normalmente de grupos mais jovens.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT