Na cidade

Estudantes universitários vão poder viver em hostels e pousadas

Com a redução de camas nas residências, o governo quer ajudar alunos a encontrar casa em Lisboa, Porto, Coimbra e Braga.
Ninguém fica sem cama.

São mais de três mil camas que ficaram inutilizadas pelas novas normas da Direção-Geral da Saúde relativas à utilização das residências para estudantes. Desta forma, o governo procurou antecipar-se ao início do ano letivo e está prestes a fechar um acordo com hostels e pousadas para que estes possam acolher alguns alunos, revela o “Público”

A novidade é avançada pelo próprio secretário de Estado da Ciência e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, que garante que, com este acordo, os hostels “terão um rendimento durante um ano” e, por outro lado, o Estado consegue “encontrar uma solução para o alojamento dos estudantes”.

A medida irá ser aplicada em quatro cidades: Lisboa, Porto, Coimbra e Braga. Cada uma delas fará uma acordo individual com os respetivos hostels e pousadas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT