Na cidade

Estacionamento poderá ser pago em todas as ruas do Porto

A autarquia está a estudar essa possibilidade. Alteração ao regulamento pode ser aprovado na próxima terça-feira, 9 de janeiro.

Foto de Porto.pt

As regras dos lugares de estacionamento vão mudar — e pode não ser para melhor. A Câmara do Porto está a estudar a possibilidade de taxar todas as zonas da cidade, o que significa que pode nunca mais conseguir estacionar o carro sem meter uma moeda no parquímetro. Esta é uma das medidas que está a ser pensada nas alterações às zonas de estacionamento de duração limitada (ZEDL).

A ideia é duplicar o número de zonas, que passarão de duas para quatro. A Zona IV, escreve o jornal “Público” esta sexta-feira, 5 de janeiro, é descrita como “toda a área do concelho não integrada nas anteriores zonas e onde poderão vir a ser estabelecidas bolsas de estacionamento com os mesmos princípios de regulação das restantes zonas da cidade”.

Acabaram-se as borlas, portanto. Na proposta, assinada pela vereadora da Mobilidade, Cristina Pimentel, prevê-se ainda a possibilidade de cobrar menos duas horas por dia (agora paga-se das 8h-20h, a ideia é passar para 9h-19h), mas passar a taxar cinco horas ao sábado (11h-16h) — até agora era gratuito. Na próxima terça-feira, 9, o executivo deverá aprovar a proposta de alteração das normas regulamentares.

O documento inclui ainda a redução das avenças de moradores para segundos veículos, que podem passar dos 100€ para os 25€, e a criação de bolsas de estacionamento só para moradores em zonas com muita procura.

Estuda-se ainda a possibilidade de ter tarifas diárias para determinas zonas, como o pólo universitário da Asprela. Os preços também deverão sofrer alterações: a primeira fracção de 15 minutos passa de 0,50€ para 0,40€, uma hora sobe de 1€ para 1,20€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT