Na cidade

Comissão Europeia quer acabar com a mudança da hora

A decisão chega na sequência de um inquérito feito aos cidadãos sobre o tema.

A proposta tem de passar no Parlamento Europeu.

Há vários anos que se discute se a mudança da hora no verão e no inverno é uma coisa para manter ou não. A Comissão Europeia lançou este verão um inquérito aos europeus sobre o assunto e a grande maioria dos cidadãos respondeu que era a favor de acabar com a mudança da hora.

Na sequência desse resultado, a Comissão Europeia vai mesmo propor acabar com a mudança da hora, disse o presidente da organização, Jean Claude Juncker, à televisão pública alemã “ZDF”.

Na consulta pública participaram cerca de cinco milhões de europeus, sendo que 80% votou contra a mudança da hora. Juncker disse que se é aquilo que os europeus desejam, a Comissão Europeia vai fazer uma proposta de acordo com essa conclusão.

A proposta terá de ser aprovada no Parlamento Europeu e, depois, pelos chefes de estado e governo da União Europeia.

A mudança de hora é coordenada pela União Europeia desde 1996 e todos os estados-membros adiantam ou atrasam os seus relógios duas vezes por ano. Países como a Rússia, a Turquia e a Islândia já aboliram esta prática.

Este hábito foi adoptado pela primeira vez a 30 de abril de 1916, em plena Primeira Guerra Mundial. O objetivo era minimizar o uso de iluminação artificial, e assim contribuir para economizar combustível para o esforço de guerra. A partir daí, e com exceção de cinco anos específicos nas décadas de 20 e 30 (1922, 1923, 1925, 1930 e 1933), Portugal tem sempre o horário de verão e de inverno.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT