Na cidade

É um ano triste: Lisboa e Porto cancelam arraiais e marchas populares

Os Casamentos de Santo António também não vão acontecer este ano devido à pandemia de Covid-19.
Alto da Pina.

A Câmara Municipal de Lisboa anunciou este sábado, 4 de abril, que os arraiais que acontecem durante todo o mês de junho e as marchas populares (sempre marcadas para o dia 13 do mesmo mês) não se vão realizar este ano.

A medida é aplicada pela autarquia para ajudar no combate à pandemia de Covid-19. “Atendendo ao desenrolar da atual pandemia e do período de confinamento e distanciamento social ter inviabilizado os ensaios, a Câmara Municipal e a EGEAC decidiram cancelar a edição de 2020 das Marchas Populares de Lisboa”, explica o executivo autárquico liderado por Fernando Medina.

A CML acrescenta que “o tema ‘Amália Rodrigues’ transitará para a edição de 2021 das Marchas Populares, permitindo que todo o trabalho realizado (arcos, cenografia, figurinos), possa ser rentabilizado no próximo ano.”

Os Casamentos de Santo António também foram cancelados, visto que não foi possível realizar as habituais entrevistas deste processo. As candidaturas deste ano passam automaticamente para 2021.

No mesmo dia chega também a notícia de que a Câmara Municipal do Porto decidiu cancelar as celebrações do São João, “tendo em conta o potencial de risco para a saúde pública que este evento representa, ao reunir milhares de pessoas nas ruas da cidade”, diz o comunicado enviado às redações.

De acordo com a mesma nota, “as verbas que lhes iam ser destinadas passam agora a estar alocadas ao esforço do município nas diversas ações de combate ao atual cenário de pandemia”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT