Na cidade

Câmara de Lisboa pede ao governo que permita a reabertura de discotecas

O objetivo é que sejam aplicadas as mesmas regras a que estão sujeitos os restaurantes.
Podem regressar.

A reabertura das discotecas é uma das prioridades da Câmara Municipal de Lisboa nesta fase de desconfinamento. Por isso mesmo, aprovou esta quinta-feira, 2 de julho, uma moção que pede ao governo que analise a possibilidade de voltar a permitir o funcionamento destes espaços de diversão.

De acordo com a “Lusa”, citada pelo “Observador”, o objetivo é que os bares e discotecas possam abrir com as mesmas regras aplicadas aos restaurantes e sem pistas de dança. “A definição da lotação de lugares sentados, a eliminação das pistas de dança e bengaleiros e a medição da temperatura são algumas das regras que podem e devem ser adotadas nestes estabelecimentos”, lê-se na moção apresentada pelo CDS-PP.

“Tendo como exemplo as regras adotadas para restaurantes, é possível adotar regras semelhantes para os lugares de diversão noturna, a fim de que nestes locais os jovens possam voltar a um convívio possível, sem correrem o risco das festas e dos encontros improvisados que, naturalmente, tenderão a adotar de novo caso não tenham outras opções”, refere o texto.

A moção solicita também ao Governo que disponibilize “os meios para o reforço e fiscalização de festas e ajuntamentos informais de jovens, em desrespeito pelas regras sanitárias”, bem como para reforçar a “fiscalização do espaço público em geral”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT