Na cidade

Atenção: foram descobertas baterias que podem explodir nas trotinetes da Lime

A startup americana já recolheu milhares das suas trotinetes das ruas.

Ainda não houve incidentes com clientes.

A Lime chegou há menos de um mês a Lisboa mas já nos habituámos a ver as ruas ocupadas pelas trotinetes elétricas verdes e pretas, com a parte de baixo em branco. Não é (ainda) um motivo para alarme, mas a startup americana descobriu que várias das suas trotinetes tinham baterias com risco de explosão e que podiam incendiar-se.

Por isso mesmo, já recolheu milhares delas das ruas. Ainda não se sabe em que países é que este defeito de fabrico foi detetado e se em Lisboa foi recolhida alguma trotinete da Lime por este motivo.

“Todas as scooters mais vulneráveis foram rapidamente retiradas de circulação. Até ao momento não houve clientes em risco”, disse a empresa. O único caso conhecido até agora em que houve uma combustão lenta e incêndio de uma trotinete aconteceu no final de agosto numa fábrica em Lake Tahoe, nos EUA.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT