Na cidade

Aposentos da Rainha D. Maria Pia abertos ao público pela primeira vez

Este novo projeto passa a integrar, no circuito expositivo, 8 novos espaços e cerca de 100 bens móveis nunca antes vistos.
Pode visitar a partir de 1 de julho.

A partir desta quarta-feira, 1 de julho, já é possível visitar os aposentos de D. Maria Pia, a última rainha a habitar no Palácio Nacional de Sintra, até à véspera da Implantação da República.

O projeto museológico passa agora a integrar, no circuito expositivo, oito novos espaços e cerca de cem novos bens móveis, entre mobiliário e obras de pintura ou artes decorativas nunca antes vistas.

O investimento é da Parques de Sintra, que detém a gerência do Palácio, e quis ampliar a exposição permanente deste monumento para “restaurar a memória das funções que estes compartimentos tiveram, atualizar a respetiva museografia e melhorar a experiência dos visitantes”.

Bens nunca antes vistos.

Durante o reinado de D. Luís (1838-1889) e até à implantação da República, em 1910, o piso superior da ala nascente do Palácio Nacional de Sintra foi utilizado por D. Maria Pia de Saboia.

Os novos circuitos e peças introduzidos no espaço pretendem reintegrar, no Palácio Nacional de Sintra, o último período de vida desta residência real portuguesa e recuperar os ambientes decorativos originais, que refletem o gosto apurado da rainha. O objetivo é aproximar ao máximo a exposição da realidade e da vivência do espaço.

Assim, os aposentos dividem-se em cinco espaços específicos: o Quarto de Cama, onde a rainha dormia; o Quarto de Toilette, onde se vestia, maquilhava e penteava; a Sala, onde repousava; a Casa de Banho e o Guarda-Roupa. O projeto museológico, iniciado em junho de 2019, vai continuar a ser desenvolvido e enriquecido pela Parques de Sintra para o tornar o mais semelhante à realidade possível.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT