Na cidade

A pequena raposa resgatada em Famalicão já tem nome — Covid

O alerta foi dado a 1 de abril e, durante um mês, o animal ficou ao abrigo do Centro de Recolha do município.
O alerta foi dado por um munícipe.

No passado mês de abril, o município de Famalicão foi palco de um resgate, alertado por um cidadão municipal, do que se julgava ser um cão de grande porte, mas que, no final, era um raposa com pouco mais que um mês de vida.

Batizada de Covid, a pequena raposa, que estava perdida, foi encontrada na via pública sem ferimentos graves mas bastante magra. Segundo a Câmara Municipal de Famalicão, as autoridades procuraram possíveis tocas na zona onde a raposa foi resgatada para que pudesse ser devolvida à sua família, mas sem sucesso.

O animal foi levado para o Centro de Recolha Animal de Famalicão para ser tratado e estar em observação, local onde esteve durante um mês e oito dias. Neste centro de tratamentos, a Covid teve acesso a todos os cuidados médicos, sempre de acordo com a sua espécie.

raposa
A pequena “Covid”.

Depois dos tratamentos, a raposa foi transferida para o Centro de Recuperação de Fauna Selvagem do Parque Nacional da Peneda-Gerês, onde irá ficar até poder ser devolvida ao seu habitat natural: a natureza. Vai ser também aqui que a Covid irá ser sujeita a alguns testes e aprender a caçar, de modo a prepará-la de melhor forma para quando for libertada de novo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT