Museu de Londres vai mudar de sítio por 403 milhões de euros

Novo espaço vai ter o dobro do tamanho e prevê-se que as visitas dupliquem.
Mudança não é para muito longe

A ideia é ambiciosa mas pode valer a pena: o Museu de Londres pretende ser a maior atração da cidade. Para alcançar essa marca, o projeto inclui a mudança de localização do museu, o que vai resultar num investimento superior a 403 milhões de euros.

Atualmente na zona de Barbican, o Museu já tem o projeto fechado para se mudar para o antigo mercado de Smithfield, em Farringdon, como conta o “Daily Mail”. No fundo, é quase como descer a rua, mas o novo espaço faz o tamanho do museu passar dos cerca de 1.161 metros quadrados para mais de 2.415 metros quadrados.

O Museu de Londres tem mais de sete milhões de exposições que passam por milhares de anos de história, por isso pretende chegar a cada vez mais visitantes. Atualmente são mais de 700 mil pessoas que por lá passam a cada ano, um número que os responsáveis esperam que ultrapasse os 1,5 milhões com a mudança de morada.

“Esta é uma marca importante para o projeto, pelo que formalmente definimos os nossos planos para transformar West Smithfield e ao fazê-lo transformamos a ideia daquilo que um museu pode ser”, explicou Sharon Ament, diretor do museu.

O projeto prevê ainda que sejam modernizados edifícios com centenas de anos, de forma a torná-los mais adequados a um museu do século XXI. Dos mais de 400 milhões de euros previstos para a obra, cerca de 236 milhões serão o contributo da Corporação da Cidade de Londres, enquanto a Câmara de Londres dará perto de 84 milhões.

Se tudo correr bem e o projeto avançar, os responsáveis do Museu acreditam poderá começar a receber visitas em 2024.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT