Miúdos

A viagem de canoa mais louca do mundo é para miudos e dura 40 dias

É um dos campos de verão mais antigos da América do Norte e é um verdadeiro teste à resistência de adolescentes.
Não é para qualquer jovem.

Numa das histórias mais conhecidas da Bíblia, a chuva caiu durante 40 dias e só a Arca de Noé se manteve à tona. No Canadá há um desafio para jovens adolescentes que já histórico e que tem a duração de 40 dias. Não é em arca nem sequer há um dilúvio, mas são 40 dias na natureza com a canoa às costas.

Foi em 1893 que o campo de verão Keewydin abriu no Canadá. Só este facto já seria interessante — afinal de contas é o segundo campo de verão mais antigo do continente. Mas há um desafio que destaca Keewydin entre os demais: um que leva jovens numa aventura a pé e de canoa pelas paisagens mais selvagens do país.

Neste desafio, os jovens passam o mínimo tempo possível no campo base de Keewydin. Todos os dias seguem caminho e levam o seu material de campismo e canoas. Em grupo, vão atravessando o escarpado cenário no norte do Quebeque. Riachos, rios, lagos, zonas pantanosas, percursos marcados pela paisagem rochosa e um sem número de picadas de insetos. Ali acorda-se cedo, cozinha-se na natureza e dorme-se em tendas.

Elas também já podem (e adoram).

Durante os primeiros 105 anos de história do campo, este desafio era só para rapazes e caía na categoria de teste à resistência. Era o tipo de coisa que se associava exclusivamente aos homens. Só que os tempos são outros e há duas décadas que o desafio se divide em dois grupos de rapazes e raparigas.

Hannah Maia, que confessa ser “já quase quarentona”, relata no “The Guardian” a viagem que fez com um grupo de 11 raparigas (a mais nova tinha apenas 15 anos) que se lançaram nesta aventura. Apesar do teste físico, conta, o grupo de raparigas não perdeu o seu bom humor. Este é um daqueles casos em que o objetivo da viagem não é a chegada ao destino, mas toda a aventura do percurso.

A viagem de Hannah Maia vai dar origem ao pequeno documentário “Wood on Water: An All Girl Canoe Tripping Documentary” sobre este desafio que atravessou todo o século XX e que irá continuar.

A experiência de uma vida.

Não é fácil participar numa destas atividades. O formulário de inscrição exige um depósito de 500 dólares (que só é devolvido se o campo não puder garantir a viagem). Depois de preencher um formulário extenso os jovens candidatos têm de ter autorização parental — e uma bela quantia em dinheiro.

Os preços aproximam-se dos oito mil euros, embora haja opções ligeiramente mais baratas para ficar três semanas no acampamento principal de Keewydin. As inscrições para 2021 já estão abertas. Dependendo das atividades, os participantes têm entre 10 e 18 anos de idade.

Para lá chegar, há voos a partir de Lisboa para Toronto a partir de 300€ (a maioria com uma escala). O acampamento tem um serviço de charter bus que vai buscar os jovens ao aeroporto por adicionais 125 dólares (pouco mais de 100€).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT