Miúdos

Nudemask: a marca portuguesa que tem máscaras para miúdos — e são solidárias

No regresso às aulas, os mais novos terão de usar máscara, mas isso pode ser feito com estilo.
Regresso às aulas será diferente este ano.

O último ano letivo terminou de forma inédita: no meio de uma pandemia e em modo telescola. O próximo ano escolar deverá começar entre os dias 14 e 17 de setembro e, desta vez, os alunos terão de cumprir uma série de regras de segurança.

O Ministério da Educação vai facultar máscaras para os miúdos para ajudar no combate à propagação da Covid-19. O que não quer dizer que o regresso às aulas tenha de ser feito sem estilo. Pelo contrário, se os miúdos acreditarem nisso, até vão fazer questão de usar as máscaras.

A recente marca portuguesa Nudemask abriu em plena pandemia com propostas de máscaras diferentes. Esta segunda-feira, 11 de agosto, lançaram mais duas novidades a pensar nos miúdos — e logo com espírito inclusivo e solidário.

As malhas das novas máscaras para miúdos  têm dois estampados diferentes: um de coelho e outro de vampiro. As máscaras custam 6,90€, sendo que deste valor, 1€ reverte para a Cáritas Portugal.

As máscaras adaptam-se à face das crianças com idade igual ou superior aos seis anos e estão certificadas, salienta a Nudemask. Resistentes a pelo menos 20 lavagens, têm ainda um saco próprio que dá para proteger nas lavagens à máquina, prolongando o seu tempo de vida — além de servirem para transporte.

A marca criada por duas portuguesas tem modelos para toda a família à venda no site. Cada modelo segue diferentes tonalidades castanhadas da mesma malha, num espírito inclusive para todas as peles.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT