NiTfm live

Saúde

Vão ser criadas 35 áreas na zona de Lisboa para despiste de coronavírus

O anúncio foi feito pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo na noite desta quarta-feira, 25 de março.
Durante a análise.

Portugal entrou esta quinta-feira, 26 de março, em fase de mitigação devido à pandemia de Covid-19 que assombra o nosso País. Esta é a fase mais critica da doença, sendo colocada em prática quando as medidas de contenção já não são suficientes para diminuir a propagação do vírus.

Uma das primeiras mudanças foi anunciada na noite desta quarta-feira, 25 de março, pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT): vão ser criadas mais 35 áreas na zona de Lisboa para despiste de coronavírus.

Segundo a “Lusa“, estas zonas vão estar “reservadas a utentes com suspeitas de infeção pelo SARSCoV-2, e vão ser compostas por duas salas de observação, com áreas de receção, de espera e instalações sanitárias separadas dos doentes que não apresentem suspeitas de Covid-19″.

Cada uma das áreas é composta por um médico, enfermeiro, assistente operacional, administrativo e equipa de limpeza. 

ARSLVT acrescenta também que deverão acorrer, preferencialmente, a estas unidades as pessoas que apresentem sintomas respiratórios e que tenham contactado previamente com a Linha SNS24.