Saúde

A produção de máscaras de proteção está em queda em Portugal

O mercado nacional está saturado e há dificuldades nas exportações, dizem os empresários do setor.
Os números baixaram nas últimas semanas.

Por causa da saturação no mercado nacional e as dificuldades nas exportações, a produção de máscaras em Portugal está em queda, diz o “Jornal de Notícias”, que falou com vários responsáveis da indústria têxtil.

Segundo o presidente da Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confeção (ANIVEC), César Araújo, neste momento a produção “não está nem perto” do milhão de máscaras que eram feitas diariamente em maio — número avançado na altura pelo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

O mercado internacional também não está a ser uma solução para estes empresários, visto que há diversos processos burocráticos impostos por diferentes países. Alguns governos exigem uma certificação no próprio país — apesar de as máscaras terem certificação em Portugal — e os critérios variam de estado para estado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT