Saúde

Portugueses consumiram três milhões de euros num mês em medicamentos para dormir

A notícia avançada pelo "JN" diz que os fármacos estão ou não sujeitos a receita médica.
Não consegue descansar.

A pandemia de Covid-19 que está há meses a assombrar o mundo tem trazido consequências graves para a maioria das pessoas. São muitas as que andam mais nervosas e preocupadas e, por isso, sem conseguirem dormir tão bem.

De acordo com a notícia avançada este domingo, 3 de maio, pelo “Jornal de Notícias“, “em março foram gastos mais de três milhões de euros em medicamentos, com e sem receita, e outros produtos. No mesmo mês do ano passado, tinham sido despendidos cerca de 2,5 milhões.”

Conta a mesma publicação que as farmácias venderam mais de 42 mil embalagens de indutores do sono com receita e que o aumento dos fármacos não sujeitos a receita médica foi de 26,2 por cento — num total de 61 838 produtos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT