NiTfm live

Saúde

Portugal recebe a primeira fábrica de canábis medicinal da União Europeia

Vai ficar em Cantanhede e tem abertura prevista ainda para abril.
É oficial.

A União Europeia prepara-se para abrir a primeira fábrica de canábis medicinal. E, adivinhe: vai ficar em Portugal, mais concretamente no Parque Tecnológico de Cantanhede. A abertura está prevista para 24 de fevereiro.

A notícia avançada pelo “Jornal de Notícias” revela, ainda, que o espaço vai pertencer a uma empresa canadiana, representando um investimento de 20 milhões de euros. Em Portugal, há quatro empresas com plantações de canábis para fins medicinais autorizadas pelo Infarmed. Contudo, este será o primeiro local de transformação e pesquisa.

A mesma publicação adianta que a fábrica dará emprego a 200 pessoas e que já está prevista a abertura de um segundo espaço para o próximo ano.

A legalização da utilização de produtos feitos à base de canábis para fins terapêuticos foi aprovada no parlamento a 15 de junho de 2018. Na altura, ficou definido que o seu uso só se vai verificar quando a medicina convencional não der resposta ao problema de saúde. Ou seja, caso não faça efeito ou ainda apresente efeitos adversos.