Saúde

Política de testagem no próximo ano letivo será “avaliada caso a caso”

O subdiretor-Geral da Saúde, Rui Portugal, não se quis comprometer sobre este tema.
O número de infetados continua a crescer diariamente.

A conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia de Covid-19, que decorreu esta quarta-feira, 5 de agosto, também ficou marcada pelo regresso às aulas. Questionado sobre qual o modelo de testagem nas escolas, o subdiretor-geral da Saúde não se quis comprometer.

Segundo Rui Portugal, as situações serão “avaliadas caso-a-caso” e “não no geral”, sendo que caberá a cada autoridade de saúde local fazer essa análise.

O método, explicou, tem a ver com o facto de poderem existir escolas instaladas em áreas onde não haja qualquer caso ativo há algum tempo e outras em locais onde haja vários surtos. Por isso, a “política de testagem terá que ser diferente”.

“O mais importante é que os pais e as crianças percebam que é essencial que as normas de higiene e segurança respiratória sejam cumpridas”, acrescentou.

Até à data, Portugal soma mais de 51.800 infetados pelo novo coronavírus. Destes, já recuperaram mais de 37.300 e morreram 1740.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT