NiTfm live

Saúde

O banco de sementes que pode salvar a Terra está em risco por causa do degelo

É conhecido como o bunker do apocalipse, mas as alterações climáticas na Noruega podem comprometer o edifício.
Fica no Árctico.

O Silo Global de Sementes de Svalbard é também conhecido como o bunker do apocalipse. É neste edifício que estão guardadas as sementes mais importantes do mundo e que poderão ser usadas para repovoar a Terra em caso de uma catástrofe global. Elas estão no arquipélago ártico de Svalbard, na Noruega, onde o clima gelado garante a sua conservação. Mas afinal já não é bem assim.

O edifício conserva as sementes a uma temperatura de -18 graus, através de um sistema elétrico que garante que as sementes não ficam comprometidas no caso de o sistema falhar, já que podem ser mantidas pelo pergelissolo. Por outras palavras, pelo solo que está constantemente congelada no Ártico. O problema é que o gelo está a derreter.

O alerta chegou através de um relatório publicado em janeiro pelo governo norueguês, que prevê alterações climáticas drásticas até ao final deste século.

Até 2071, os investigadores prevêem que haja um aumento da temperatura do ar até dez graus. Já a precipitação pode aumentar até 65 por cento.

“A chuva vai ser mais intensa e ocorrer com mais frequência. O armazenamento diminuirá (…) e as avalanches e os deslizamentos de terra vão tornar-se mais frequentes, o que poderá criar inundações à volta do edifício”, revelam nesse documento.

Além disso, uma vez que o gelo vai derreter, o metano e dióxido de carbono que estão presos no seu interior podem ser libertados para a atmosfera, o que vai agravar o estado do clima.

No entanto, as alterações climáticas já provocaram danos. Segundo os investigadores, “a temperatura do ar em Svalbard aumentou de 3 a 5 cinco graus durante as últimas quatro a cinco décadas”.

Segundo o mesmo relatório, é essencial reduzir a emissão de gases de efeito de estufa para contrariar estes cenários. Ainda assim, os danos provocados até agora são irreparáveis e esperam-se alterações drásticas no final do século.