NiTfm live

Saúde

Nunca deixe uma garrafa de plástico no carro — ela pode causar um incêndio

A multiplicação de bactérias e germes dentro do recipiente também representa vários perigos para a saúde.
É preciso ter cuidado.

Atire a primeira tampa quem nunca deixou uma garrafa de água fechada no carro. Aliás, isso é até uma prática regular para milhares de condutores, passageiros e famílias, sobretudo nos meses de verão. 

O problema é que, por causa do calor, estas garrafas promovem o desenvolvimento e multiplicação de bactérias e germes dentro do recipiente. Nestas condições, qualquer microorganismo que tenha entrado em contacto com a água reproduz-se mais rapidamente. Ou seja, nunca beba água de uma garrafa que tenha ficado esquecida no carro durante alguns dias. Ela pode provocar uma infeção no estômago. 

E há mais: a garrafa pode até provocar um incêndio, como provou um vídeo realizado em julho de 2017 por um funcionário da empresa de energia Idaho Power, nos Estados Unidos, e que se tornou viral nos últimos meses.

Dioni Amuchastegui conta que estava a almoçar dentro do camião da empresa quando reparou num fumo vindo do assento do veículo. O incêndio teve origem na garrafa de plástico com água que ele tinha deixado no banco. O funcionário registou o momento em que a luz atravessou o recipiente e abriu um pequeno buraco no assento de pele.

Os bombeiros do Oklahoma’s Midwest City Fire Department (EUA) resolveram fazer um teste e deixaram que a luz do sol incidisse numa garrafa plástica cheia de líquido guardada dentro de um carro fechado. Ficou provado que os raios solares desencadearam um efeito lupa, ampliando a incidência do calor num determinado ponto do veículo.

Este tipo de recipiente funciona como uma lente, podendo aquecer o tecido dos estofos até ao ponto de formar um incêndio. Entretanto, há um conjunto de condições que precisam de estar combinadas para isto acontecer.

“A garrafa deve ser clara e conter um líquido claro. Já a luz do sol tem que passar pela garrafa num determinado ângulo e criar um ponto de foco semelhante ao de uma lupa. Com todas estas condições, pode mesmo causar um fogo”, explicou a corporação de bombeiros ao canal de televisão norte-americano WUSA 9.

Se o carro estiver em andamento, o risco de acontecer um acidente nestas circunstâncias é bem mais pequeno. Ainda assim, os bombeiros recomendam que as pessoas não se esqueçam de garrafas de água no interior dos automóveis.