Saúde

Lisboa e Norte ainda têm transmissão comunitária do novo coronavírus

A revelação foi feita por Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, na habitual conferência de imprensa sobre a pandemia.
É necessário manter as medidas de segurança.

Portugal soma, neste momento, quase 33 mil casos confirmados de novo coronavírus desde o início de março. Desses, mais de 19 mil já recuperam. No entanto, na conferência de imprensa desta terça-feira, 2 de junho, a diretora-geral da Saúde disse que ainda há zonas do País com transmissão comunitária do vírus.

“A região Norte, apesar de ter uma pequena intensidade de casos, de incidência, ainda tem transmissão comunitária. A região Centro refere apenas pequenos, muito pequenos, focos localizados”, revelou Graça Freitas.

Sobre a região de Lisboa e Vale do Tejo, considera que ainda tem transmissão comunitária. “Temos estes padrões localizados em empresas, lares, obras, mas ainda temos disseminação comunitária”, disse a responsável.

Sobre o Alentejo e Algarve, ambas as regiões já só têm pequenos focos. Aliás, até há dias que não têm nenhum. “A Madeira e os Açores consideraram que tem apenas transmissão esporádica”, acrescentou.

No que diz respeito à taxa de letalidade acima dos 70 anos, que tem sofrido um ligeiro aumento, a diretora-geral da Saúde explicou que os valores em Portugal estão “dentro que é considerado normal para as características do País”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT