Saúde

Já estão disponíveis os testes rápidos ao VIH nas farmácias

Para já, só é possível fazer este despiste em estabelecimentos da linha de Cascais, mas a medida vai chegar a outras cidades da Grande Lisboa e a uma algarvia em breve.

Vai ser mais fácil saber os resultados.

Foi no início do ano que o Governo autorizou que se passassem a fazer despistes rápidos ao vírus do VIH e da SIDA em farmácias portuguesas, mas só agora é que o exame passa a estar disponível e apenas numa cidade: Cascais. A notícia é confirmada pela Agência Lusa, tal como cita o jornal “Observador”.

À mesma publicação, o o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, explicou que é possível pedir para fazer testes tanto ao vírus do VIH como à hepatite C e B sem precisar de pedir receita médica tanto nas farmácias comunitárias como nos laboratórios de análises clínicas desta região da Grande Lisboa. 

O processo é bastante simples: um farmacêutico ou técnico de análises, que recebeu formação especializada na Ordem dos Farmacêuticos, pica o dedo e 15 minutos depois sabe o resultado. Se acusar uma reação aos vírus, o paciente é encaminhado para o hospital à sua escolha onde irá confirmar a informação e receber acompanhamento especializado. 

Ainda à Agência Lusa, Fernando Araújo confirmou que até ao final do ano será possível comprar estes testes na farmácia para fazer em casa. Enquanto não chegam, o Ministério da Saúde vai assinar um acordo com Almada, Amadora, Loures, Oeiras, Odivelas e Sintra na Grande Lisboa e ainda com Portimão, no Algarve, para que as suas farmácias também tenha acesso a estes testes rápidos.

Quanto a preços, sabe-se que este exame não será comparticipado pelo Estado, pelo que os valores serão estipulados por cada farmácia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT