NiTfm live

Saúde

Infarmed alerta para dois produtos ilegais para tratar disfunção erétil

Não está garantida a qualidade, segurança e eficácia de nenhum deles.
Atenção, atenção.

Se estiver a tomar o Gold Max Blue ou o Gold Max Pink, para tratamento de disfunção erétil, pare de fazê-lo imediatamente. De acordo com uma nota publicada no site oficial do Infarmed esta terça-feira, 16 de abril, os produtos são ilegais.

Eles não dispõem “de autorização de introdução no mercado em Portugal e conterem substâncias ativas que apenas podem ser utilizadas em medicamentos”, alerta.

Os dois produtos em causa.

Os produtos em cápsulas foram detetados na alfândega e terão origem em vendas através da Internet, não tendo sido detetados no circuito legal de venda de medicamentos.

“Após análise no laboratório do Infarmed, verificou-se que estes produtos contêm a substância ativa sildenafil, que se destina à melhoria do desempenho sexual”, acrescentam.

Como não está garantida a qualidade, segurança e eficácia dos produtos, a utilização de ambos é proibida em Portugal.

As entidades que têm este produto não o podem vender, dispensar ou administrar, devendo comunicar de imediato com o Infarmed. Os utentes também devem entregar as embalagens em causa na farmácia mais próxima.