NiTfm live

Saúde

Há uma nova infusão para acabar com o inchaço e a celulite (e é portuguesa)

Chama-se Drain You, é biológica e foi criada por Mafalda Sena.
Pode ser consumida durante todo o ano.

Nasceu uma nova tisana no Alentejo, mais especificamente no Alandroal, uma vila portuguesa do distrito de Évora. É 100 por cento nacional e biológica e contém propriedades diuréticas que prometem ajudar na eliminação da retenção de líquidos, do inchaço e — um dos maiores desejos das mulheres — da celulite.

A infusão criada por Mafalda Sena, responsável pela página “Senasaudáveis”, chama-se Drain You e é comparada pela bloguer ao famoso Desinchá, um chá drenante brasileiro que não se vende em Portugal.

“A produtora de chás Paisagindo falou comigo em dezembro para criar uma tisana”, conta à NiT. A primeira ideia foi fazer algo com hibisco, uma vez que era uma das opções que a bloguer mais consumia. No entanto, acabou por fazer uma coisa única e diferenciadora.

“A tisana não é nada mais do que uma mistura inteligente de ervas. Tem as mesmas propriedades que o tal chá brasileiro mas melhorado. Por exemplo, em vez de a tisana ser em pó, vem mesmo em folhas, o que potencia mais o seu efeito.”

Da sua composição fazem parte chá verde, cavalinha, hortelã-pimenta, carqueja, gengibre, alecrim, salva e stevia. Mas não foi fácil lá chegar. Os testes começaram em janeiro. Na altura, Mafalda revelou à produtora os ingredientes que pretendia usar e quais estariam em maior ou menor quantidade. Recebeu amostras e fez várias provas cegas até chegar à fórmula final.

“A stevia é uma imagem de marca da Paisagindo. Ainda assim, reduzi para o mínimo possível: apenas um por cento. Para quem bebe chá sem açúcar não sente que é muito doce mas para quem não consegue beber sem adoçante vai ajudar a diminuir a necessidade de adicionar este elemento”, explica.

Cada embalagem dá para 20 doses.

O produto insere-se na linha de Tisanas Musicais — “Drain You” é o nome de uma música da banda Nirvana. Está à venda desde 3 de junho no site da Paisagindo com o preço promocional de lançamento de 4,90€. As primeiras 500 unidades esgotaram em dois dias.

Brevemente poderá ser também comprado no supermercado Pão de Açúcar Gourmet do centro comercial Amoreiras, em Lisboa, por 6,90€. Cada embalagem dá para 20 doses e traz 20 saquetas individuais e biodegradáveis.

Mafalda Sena está agora em negociações com uma empresa espanhola para vender a tisana já embalada em saquetas individuais. “De momento, cada pessoa tem de encher a saqueta com uma colher de chá”, explica.

Adiantou também à NiT que já está a trabalhar na criação de uma nova infusão, a Drain You Night. “Não terá chá verde, uma vez que é excitante. Mas terá camomila para substituir. Deverá estar à venda em outubro.”

Segundo Mafalda, para quem tenha problemas de retenção de líquidos ou inchaço, beber uma chávena todos os dias e todo o ano ajuda ainda a regular a flora intestinal. Além dos seus benefícios, pode ser uma ajuda para ingerir mais água diariamente. No verão, se preferir, pode fazer a infusão durante cinco minutos e depois adicionar água gelada.

Drain You
A criadora da nova infusão.

Mafalda Sena, 29 anos, é licenciada em arquitetura e trabalha num estaleiro naval há quase quatro anos. Ao mesmo tempo, desenvolve o seu projeto: a “Senasaudáveis”, que está disponível numa página de Facebook e numa conta de Instagram, onde partilha aquilo que come diariamente e as respetivas receitas, assim como os seus treinos.

Em 2017, criou também o “Senasaudáveis at home”, que continua disponível. Neste serviço, pode fazer um contacto através do email senasaudaveis@nullgmail.com ou por mensagem privada nas redes sociais, escolhe um menu (português ou italiano), combina um dia e uma hora e Mafalda vai até sua casa para cozinhar. Normalmente, é sempre pedida uma descrição do forno para saber se há condições para confecionar todos os pratos.

O seu interesse pelo mundo saudável surgiu quando quis mudar de hábitos alimentares. Sempre foi “a gordinha do grupo”, como contou à NiT numa outra entrevista, em agosto de 2017. No entanto, quando voltou de um período de Erasmus em Itália, a situação tinha-se agravado. Sempre praticou dietas malucas em que só comia frutas e outras em que tirava completamente o açúcar. Resultado: voltava repetidamente aos velhos hábitos.

Quando voltou a Portugal, quis colocar um ponto final nesta história. “Como adorava cozinhar, custava-me muito ter de comer sempre alface e peito de frango, mas comecei a pesquisar e apercebi-me que era possível comer refeições saudáveis sem ter uma alimentação aborrecida”, explicou.

“Lembro-me de ir a um nutricionista que me tirava tudo. Não podia comer pão nem massas e, por comer tão poucos hidratos, também não tinha força para fazer exercício.”

Aos 25 anos, quis começar a correr mas não conseguia fazer mais de oito minutos e isso também contribuiu para perceber que tinha mesmo de mudar. Aos poucos criou uma rotina e às seis da manhã preparava refeições simples e rápidas, uma hora depois já estava a correr. Nesta altura tinha 81,5 quilos. Conseguiu emagrecer 20 e, atualmente, mantém-se nos 60 e sente-se estável. Foi partilhando o seu percurso nas redes sociais e foi desta forma que o seu trabalho começou a passar por estas plataformas e, mais recentemente, pela criação desta tisana.

O antes e depois de Mafalda.