Saúde

Há 101 empresas com máscaras comunitárias certificadas em Portugal

A maioria das opções aprovadas pelo CITEVE resiste no máximo a cinco lavagens.
Algumas já estão à venda online.

Desde que a Direção-Geral da Saúde recomendou o uso de máscaras comunitárias pela população em geral em espaços públicos fechados, foram várias as empresas que começaram a produzir este equipamento de proteção individual. A 23 de abril, o CITEVE certificou as máscaras comunitárias (ou de nível 3) de seis empresas. Este domingo, 3 de maio, são já 101.

Vieira Pocargil, Bordimp, Daily Day Studios, Digit All, Location Available e a Cores Doutrora foram as primeiras a receber o selo de aprovação. Entre as dezenas de empresas que agora fazem parte da lista, a maioria criou opções que servem para cinco lavagens (número máximo) — há outras de uso único.

View this post on Instagram

De forma a dar resposta mais eficazmente às dúvidas que nos têm sido colocadas, preparamos uma galeria com as questões mais frequentes. Devido à grande afluência à nossa loja online, alguns atrasos serão observados. A nossa equipa está empenhada em responder a todas as encomendas e questões colocadas. Pedimos desculpa por qualquer incómodo causado. Muito obrigada a todos! 💪💪💛💛 . . . #dailyday #dailydayandfriends #mascaras #mascarasdeprotecao #shoponlinenow #madeinportugal #apoienegocioslocais #covid19portugal #juntossomosmaisfortes💪 #dailydaymasks #dailydaystudios

A post shared by DAILY DAY STUDIOS (@dailyday.studios) on

A primeira empresa a colocar as máscaras à venda na loja online foi a portuense Daily Day. “A @dailyday.porto é a primeira marca a ter máscaras certificadas pelo CITEVE, nível 3 (certificado 4277/2020) É uma honra poder contribuir no combate à pandemia do Covid-19″, escreveu na altura nas redes sociais.

São 100 por cento algodão e estão preparadas para cinco lavagens, sendo que pode ler-se que o equipamento está “em análise para aumento do número de lavagens”. Pode encontrar packs de cinco unidades, em preto ou branco, por 20€.

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, revelou este domingo que a indústria portuguesa está a produzir diariamente um milhão de máscaras, tendo como prioridade o abastecimento do mercado interno, sendo que está a começar a exportar.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT