Saúde

Estudo demonstra que atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

"Este estudo oferece provas evidentes em laboratório", asseguram investigadores.
Correr ajuda à visão. É ver para crer.

São cada vez mais conhecidos os benefícios da atividade física, tanto a nível do corpo como da mente. Mas há mais benefícios a ter em conta, e um deles diz respeito à visão.

Um estudo divulgado pela Universidade de Virginia garante que encontrou provas mais concretas, em laboratório, que evidenciam que a atividade física atrasa a perda de visão, podendo até mesmo preveni-la.

O estudo debruçou-se essencialmente sobre degeneração macular, uma doença que ocorre numa parte da retina chamada mácula e que leva à perda progressiva da visão central. Esta perda está muitas vezes associada à idade.

O estudo levado a cabo concluiu que exercício reduziu o crescimento de vasos sanguíneos prejudiciais nos olhos de ratos de laboratório em até 45 por cento. Esta desenvolvimento de vasos sanguíneos é um dos fatores associados à tal degeneração da mácula.

O “Science Daily”s salienta que terá sido a primeira vez em laboratório que esta condição foi contrariada, o que abre caminho aos cientistas não só neste campo mas também noutras potenciais áreas em que a atividade física poderá ter um contributo positivo para prevenir a diminuição da visão.

“Há muito tempo se questiona se a manutenção de um estilo de vida saudável pode atrasar ou impedir o desenvolvimento de degeneração macular. O modo como essa pergunta foi historicamente respondida foi fazendo pesquisas com pessoas, perguntando o que comiam e quanto se exercitavam”, realça o investigador Bradley Gelfand, do Centro de Ciência Avançada da Visão da UVA. “O problema é que as pessoas são más a reportar-se”, o que pode levar a conclusões baseadas em más informações. Desta vez, defendeu, “este [estudo] oferece evidências concretas de laboratório pela primeira vez “.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT