Saúde

Espanha ultrapassou os 100 mil infetados — e já conta 9 mil mortes por Covid-19

É o terceiro país com mais casos confirmados no mundo, depois dos Estados Unidos e de Itália.
Os números continuam a subir.

É oficial: 102.136 mil infetados e 9053 mortes. São estes os mais recentes dados do impacto do novo coronavírus em Espanha, divulgados esta quarta-feira, 1 de abril. O país europeu bateu um novo recorde de vítimas mortais em 24 horas na terça-feira, 31 de março, com registo de 864 vidas perdidas.

Segundo os dados do Ministério da Saúde espanhol, avança a agência Lusa, desde o início da pandemia, também 22.647 tiveram alta e são considerados como curados. Aliás, ainda esta terça-feira, o dia mais trágico deste país, uma espanhola de 101 anos sobreviveu à pandemia.

Como a NiT contou, não se sabe o seu nome, nem se conhece o seu rosto. No entanto, tornou-se rapidamente no símbolo de esperança num dia trágico. A mulher da região de Huescas foi a primeira pessoa dessa zona a ser internada devido à Covid-19.

No Facebook, a autarca de Biescas, município de Huescas, deu a conhecer a história, destacando que se trata de “um exemplo de esperança e ânimo” para “continuar a lutar”.

“A família é muito grata a todo o pessoal médico, vizinhos, amigos… por todos os apoios recebidos. Mas também estão tristes com a má situação que temos em Biescas e pelos vizinhos que morreram”, disse Nuria Parada. 

A idosa foi internada a 15 de março no Hospital de São Jorge, onde estiveram outras quatro pessoas infetadas, tendo uma delas morrido. No total, quatro pessoas desta zona de Espanha perderam a vida.

Neste momento, Espanha é o terceiro país com mais casos confirmados. Em primeiro lugar, estão os Estados Unidos (mais de 189 mil), seguidos de Itália (mais de 105 mil).

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT