Saúde

Na véspera do regresso do futebol, a DGS apela ao sentido cívico dos adeptos

O apelo foi feito pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, na conferência de imprensa desta terça-feira.
Atenção, muita atenção.

Os jogos de futebol vão regressar e, embora aconteçam à porta fechada, os adeptos podem juntar-se em espaços públicos para assistirem. Questionada sobre como será o controlo aos ajuntamentos nestes momentos, a diretora-geral da Saúde voltou a fazer um importante apelo ao distanciamento, sendo “o ideal os dois metros”.

“Se assistirem aos jogos em cafés, restaurantes, esplanadas, não se esqueçam das regras. É muito importante”, afirmou Graça Freitas durante a conferência de imprensa desta terça-feira, 2 de junho.

“Mantenham regras de distanciamento físico, regras de proteção de barreira, se for caso disso, usando máscara e não partilhando objetos”, disse, acrescentando que isto não se aplica a coabitantes.

“Muito apelo ao sentido cívico. Foi uma dura conquista existir futebol no nosso País”, continuou a diretora-geral da Saúde.

Neste momento, os ajuntamentos podem ser, no máximo, de dez pessoas na região da Grande Lisboa e de 20 no resto do País, de acordo com as regras definidas pelo Conselho de Ministros para a terceira fase de desconfinamento, que começou esta segunda-feira, 1 de junho.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT