Saúde

DECO alerta sobre os croissants à venda nos cafés

A entidade foi a 33 pastelarias e 9 supermercados da Grande Lisboa. Os resultados não são animadores.

Ninguém resiste.

Entramos num café e lá estão eles, croissants de chocolate como se estivessem a olhar para nós. Umas vezes resistimos, outras acabamos por pedi-los. Acontece com toda a gente, inclusive com os alérgicos a avelã. Estes, por cautela, perguntam sempre se o fruto seco está incluído no recheio do produto.

Foi o que fez a DECO (através do cliente mistério) em 33 pastelarias e 9 supermercados da Grande Lisboa. Segundo um comunicado publicado na página oficial da entidade, nem todos os empregados souberam responder à pergunta.

“Em 23 locais não venderam o croissant, ou por estarem cientes de que continha avelã ou por terem dúvidas”, diz a DECO. Porém, “em 19 estabelecimentos afirmaram que a avelã não fazia parte dos ingredientes”. 

Acontece que depois de serem feitas análises laboratoriais, em 16 havia mesmo a presença do fruto seco. Segundo a entidade, “não só havia, como a quantidade encontrada era suficiente para causar uma reação alérgica”. Para completar o relatório, foi ainda escrito que a ASAE já foi informada. Quem for associado no portal pode consultar a lista de pastelarias visitadas.