Saúde

Covid-19: quase um terço dos infetados na Europa foram hospitalizados

O ECDC revela que 30 por cento dos contagiados tiveram que ser hospitalizados. Quatro por cento foram casos graves.

Com o surto em fase de aparente controlo na China e na Ásia, a Europa passou a ser o epicentro da epidemia do novo coronavírus. De acordo com o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças, há no continente mais de 200 mil infetados. Desses, quase um terço tiveram que ser hospitalizados.

O relatório divulgado esta quarta-feira, 25 de março, contabiliza dados da União Europeia, Noruega, Liechtenstein e Islândia — e exclui os do Reino Unido —, numa contagem que revela que cerca de 30 por cento dos europeus foram internados no hospital em virtude da infeção. Desse total de infetados, quatro por cento apresentaram sinais de doença grave.

Quanto ao panorama geral, a ECDC explica que os casos “estão a aumentar e a apresentar uma trajetória semelhante à observada em Hubei, entre o final de janeiro e o início de fevereiro, e em Itália entre o final de fevereiro e o início de março”.

Entre conclusões de que o risco da doença resvalar para sintomas graves é “considerado moderado” para a generalidade da população e de que o risco de propagação será também moderado caso sejam seguidas todas as medidas, este último poderá agravar-se caso não sejam tomadas as devidas medidas de mitigação.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT