NiTfm live

Saúde

ASAE apreedeu cerca de 6 mil euros em alimentos durante época de festas

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica recolheu 150 quilos de carne e 200 unidades de bacalhau.
O bacalhau faz parte da lista de produtos recolhidos.

Este sábado, 11 de janeiro, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) divulgou que instaurou, durante a época festiva, nove processos-crime e 43 processo de contraordenação. Além disso, apreendeu 150 quilos de carne e 200 unidades de bacalhau.

“No âmbito de inúmeras ações de fiscalização em todo o território, dirigidas a retalhistas de produtos alimentares de todas as dimensões designadamente pastelarias, talhos, indústrias de pastelaria e panificação e ‘lojas gourmet’, foram fiscalizados cerca de 250 operadores económicos”, explica a ASAE num comunicado ao qual a NiT teve acesso.

Em causa estão, sobretudo, crimes de abate clandestino, fraude sobre mercadorias, especulação, uso ilegal de denominação de origem ou indicação geográfica e géneros alimentícios anormais avariados.

A autoridade destaca, também, “infrações relativas ao incumprimento de requisitos gerais e específicos de higiene, desconformidades ao nível da rotulagem dos géneros alimentícios”, entre outros incumprimentos que significavam perigo para a saúde.

Embora realize, diariamente, operações para verificar o estado dos produtos, em épocas de maior consumo, como o Natal e Ano Novo, a fiscalização é ainda mais intensa. Neste caso, no total foram apreendidos cerca de seis mil euros em produtos.