NiTfm live

Saúde

Afinal, oficinas de bicicletas podem abrir durante a pandemia de Covid-19

O objetivo é tornar possível a reparação deste que é um dos meios alternativos aos transportes públicos.
É um meio alternativo aos transportes públicos.

A lista de estabelecimentos que podem estar abertos durante o estado de emergência vai ser alterada pelo governo. Afinal, vão ser acrescentadas as lojas e oficinas de reparação de bicicletas.

Várias oficinas de velocípedes não concordaram terem sido deixadas de parte face à cláusula de “estabelecimentos de manutenção e reparação de veículos automóveis e motociclos, tratores e máquinas agrícolas, bem como venda de peças e acessórios e serviços de reboque”, noticia o jornal “Público”.

“Se em alguns países da Europa as pessoas estão a comprar bicicletas para não utilizarem os transportes públicos e assim promoverem o confinamento e isolamento social, neste momento, em Portugal, os cidadãos estão impedidos de comprar uma bicicleta ou mesmo de a reparar”, referiu Gil Nadais, secretário-geral da associação de velocípedes Abimota, em carta aberta enviada ao governo na terça-feira, 24 de março.

Na Alemanha, o ministério da Saúde aconselha o uso de bicicletas como alternativa aos transportes públicos. Em Wuhan, na China, o uso de bicicletas partilhadas não parou durante o surto do novo coronavírus, sendo estes transportes frequentemente desinfetados.

Em Portugal, algumas lojas e oficinas de bicicletas vinham a operar com restrições. Agora, todas poderão funcionar tal como habitual.