Ginásios e outdoor

Neou: a Netflix do fitness tem cada vez mais adeptos

É uma plataforma de streaming com mais de cinco mil exercícios para ver e fazer em casa.
Pode aceder a partir de qualquer dispositivo.

Com o Covid-19 a obrigar pessoas por todo o mundo a ficar mais tempo em casa, muitas rotinas foram alteradas. Com ginásios a fechar portas, o fitness em casa tornou-se opção para muitos. No meio disto, havia uma start-up a dar força à expressão “no lugar certo à hora certa”.

Falamos da Neou, uma app fundada em 2015 e que tinha vindo a crescer, mas que em tempos de pandemia deu o salto definitivo. Chamam-lhe a Netflix do fitness.

A Neou é uma plataforma de vídeo on-demand mas também de live streaming focada inteiramente na atividade física. A app está disponível através de smartphone, tablet, PC ou TV com acesso à Internet. Nesta altura, a Neou conta com mais de cinco mil planos de exercícios e aulas. Em junho já ultrapassara a fasquia dos 50 mil utilizadores com conta paga.

A app começou por estar restrita aos EUA e são de lá a maioria dos vídeos mas entretanto já marca presença em 65 países. Nathan Forster, CEO da empresa, já admitiu que a pandemia ajudou a app a conquistar mais público. No entanto, o Covid-19 alterou também alguns planos, nomeadamente a possibilidade de gravar mais conteúdos vídeo — algo que será feito assim que as condições nos EUA o permitam.

Instrutores e planos de treino sempre à mão.

Os assinantes pagam uma taxa mensal de 14,99 dólares (cerca de 13,3€) e têm acesso a todos os conteúdos. Pode poupar algum dinheiro se assinar logo por um ano. Para quem é adepto de experimentar antes de comprar, pode registar-se (ou fazer login através da conta de Facebook) e subscrever gratuitamente por 30 dias.

Além dos assinantes, a Neou permite que instrutores de diversas modalidades passem a integrar a plataforma. Isto faz com que haja uma imensa variedade de modalidades mas também de planos de exercícios.

Tem duas horas disponíveis para treinar? há muito por onde escolher. Pode começar com alongamentos, passar por repetições, experimentar algumas técnicas de boxe e terminar com uma sessão relaxante de ioga, sempre orientado por instrutores. O tempo é curto? Não tem mal. Há exercícios que lhe ocupam só dez minutos.

Com o crescimento a chegar em altura de pandemia, poderia haver dúvidas sobre a saúde da empresa no pós-confinamento. Em junho, no entanto, a empresa conseguiu captar cinco milhões de dólares de financiamento em Wall Street. Sinal de que o fitness em casa não é coisa passageira, mas sim com futuro pela frente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT