Ginásios e outdoor

Há um exercício popular que pode acabar com os vestígios de gordura nas pernas

Bónus: também vai ajudá-lo a ter uma melhor postura — palavra do PT Tiago Silva.
Tem de acreditar.

Entre os exercícios mais procurados na Internet estão, por exemplo, aqueles que têm como objetivo eliminar quaisquer vestígios de gordura nas pernas. Normalmente, esta é uma preocupação que chega cerca de três meses antes do verão (ou, melhor, das idas à praia). Até há quem consiga alcançar resultados num curto espaço de tempo, mas rapidamente volta ao cenário inicial. Portanto, o truque é incluir os movimentos certos numa rotina de treino anual.

Muitos dos exercícios recomendados para este efeito são focados na parte inferior do corpo. No entanto, vários especialistas defendem que os movimentos que têm impacto em várias zonas ao mesmo tempo podem ser mais benéficos, como é o caso do já conhecido dead lift (peso morto, em português).

Além de ser uma ótima ajuda para ter pernas tonificadas, permite trabalhar os glúteos e melhorar a postura. Mas é preciso ter cuidado: segundo o PT Tiago Silva, criador do grupo “No Limit Runners”, este é um dos exercícios que mais lesões provoca nos ginásios.

“Quando mal executado, pode prejudicar os joelhos mas, sobretudo, a zona lombar e até os ombros pela carga que se costuma usar para se sentir algum efeito. O ideal é sentar mais e fazer um pouco de agachamento com as pernas afastadas e as pontas dos dedos para fora”, alerta à NiT. 

E continua: “o movimento não deve ser feito através da força lombar e de ombros mas, sim, na zona posterior da coxa, indo depois para a zona lombar e, então, abdominal. Desta forma, consegue-se estabilidade e equilíbrio tanto a subir como a descer.”

Para que retire proveito de todos os benefícios do peso morto, é assim que deve fazer: comece em pé, segure um peso (adequado à sua capacidade física) e faça uma flexão da coxa levando o tronco à frente. Atenção: não se esqueça de manter as curvas neutras da coluna. Depois, deve fazer uma ligeira flexão dos joelhos para facilitar a postura nas costas, tendo em conta aquilo para que o especialista alertou.

É normal que não consiga realizar muitas repetições — seis a oito é o suficiente —, já que estará a recrutar várias partes do corpo para fazer o exercício. Pode incluir mais dois exercícios, criando um plano, e fazer duas a três séries de cada.

O agachamento, por exemplo, que é também bastante utilizado para ter glúteos firmes, é outra das opções para eliminar a gordura na zona das pernas. Contudo, ao contrário do que se pensa, é outro dos movimentos com que deve ter especial cuidado.

“Se o exercício for feito com as pernas muito fechadas, e com as pontas dos dedos viradas para a frente, não obtém a ajuda dos adutores e a maioria do esforço será por parte joelhos e quadríceps, o que não é suposto acontecer. Resultado: pode levar a lesões desnecessárias”, diz à NiT o personal trainer.

Mais uma vez, revelamos a forma mais correta de realizar o agachamento: deve ter os glúteos para trás e para baixo, joelhos para fora e alinhados com a ponta do pé, e peso distribuído por todo o pé. Depois, desce a anca até aos 90 graus, mantendo o peito aberto e o olhar em frente. Com os abdominais ligeiramente contraídos, faz a extensão dos joelhos e sobe o tronco, tal como na infografia acima.

Há outros quatro exercícios que podem ajudá-lo a ter as pernas bonitas e sem gordura. Carregue na galeria para tomar nota.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT