NiTfm live

Ginásios e outdoor

Cifrão junta bailarinos num festival de dança virtual (com aulas grátis)

São 15 dias de muita dança, com 30 aulas e 21 estilos diferentes.
As aulas de dança vão ser completamente gratuitas.

Depois de ter sido anunciado o festival digital Eu Fico Em Casa, que levou a música a casa de todos os portugueses, entre outras iniciativas do género, agora é a vez de a dança ajudar a ultrapassar esta fase de pandemia da Covid-19. Cifrão, um dos mais conhecidos coreógrafos e bailarinos de Portugal, criou o festival digital Eu Danço em Casa, que apela a que todos fiquem em isolamento — mas com dança e a boa energia à mistura.

Com duração até 5 de abril, qualquer pessoa pode experimentar as aulas, que são completamente gratuitas. Conduzidas por alguns dos melhores bailarinos portugueses, o mote é que dance “como se ninguém estivesse a ver”.

“A convenção #EuDançoEmCasa tem o objetivo de sensibilizar os portugueses para a importância da atividade física, também neste período de isolamento social e para juntos agirmos contra a propagação do vírus Covid-19”, diz Cifrão.

O festival digital de dança conta com 30 aulas — transmitidas na conta oficial de Instagram do coreógrafo — e 21 estilos de dança diferentes. É das 17 às 19 horas que pode levantar-se do sofá, vestir uma roupa confortável e aproveitar para se divertir enquanto fica em forma.

Hip-hop, breakdance, barra de chão, danças de salão, kizomba e contemporâneo são alguns dos estilos de dança que poderá aprender nas aulas.