NiTfm live

Ginásios e outdoor

3 truques básicos para queimar o dobro das calorias por dia

São fáceis de aplicar e podem fazer toda a diferença no resultado final.
Vai ser mais fácil atingir o corpo que deseja.

Ter um corpo saudável é fácil e resume-se a três regras: manter uma alimentação equilibrada, dormir oito horas por dia e fazer exercício físico. Porém, isso não significa que devamos ignorar ajudas extra. Por exemplo, existem três truques básicos que permitem queimar o dobro das calorias diariamente.

Antes de revelarmos a lista, deve saber que o desafio começa à mesa — é essencial comer de forma saudável e equilibrada. Portanto, os alimentos processados devem ficar de fora.

Preocupe-se, ainda, em dormir o número de horas suficientes. Este pequeno (e importante) pormenor irá assegurar níveis adequados de leptina (hormona da saciedade). Isto quer dizer que dormir bem vai fazer com que sinta menos fome e, consequentemente, consuma menos calorias.

Agora, sim, pode tomar nota dos três truques que deve ter em conta na sua rotina diária.

1. Faça isto durante a caminhada diária

Se caminhar pelo menos 30 minutos — acumulados — por dia, reduz drasticamente a probabilidade de problemas cardíacos e aumenta, pelo menos, o gasto calórico diário em 150 calorias. Quando o fizer, saiba que há um truque muito simples (tão simples que parece mentira) que irá permitir queimar o dobro das calorias.

Segundo o PT Tiago Silva, basicamente, só tem de definir momentos da caminhada em que acelera o passo durante alguns minutos. Repete esse método várias vezes e, no final, consegue um gasto calórico muito mais elevado. Porque é que isto acontece? Porque em vez de o corpo estagnar, recebe um estímulo novo que o irá fazer gastar mais energia. Na caminhada de 30 minutos, pode aplicar este método apenas uma vez. Na seguinte aumenta para duas e assim sucessivamente.

“Isto é o chamado fartlek ou HIIT da caminhada. Ou seja, ao aumentar o ritmo por um curto espaço de tempo, aumenta o batimento cardíaco e o nível de esforço muscular, fazendo com que se gaste mais calorias. Basta acelerar a passada significativamente durante um minuto para obter resultados”, explica à NiT.

Um deles é para colocar em prática durante a caminhada.

2. Esforce-se nas tarefas em casa

Ficar em forma não tem, necessariamente, de significar transpirar até à exaustão e ficar completamente dorido no dia seguinte. As tarefas domésticas, por exemplo, podem ser um belo método para ficar em forma. Sabia que passar a ferro pode fazer com que perca até 138 calorias? Ou que ao regar as plantas, durante uma hora, pode queimar 150 calorias? Mas há mais. Ao aspirar a casa pode gastar até 210.

Um estudo realizado pelo portal britânico para os utilizadores do Good Housekeeping Institute, em 2018, concluiu que duas horas de limpeza doméstica podem queimar até 600 calorias. Ou seja, pode perder mais do que o dobro da quantidade de calorias que queimaria numa corrida de cinco quilómetros, por exemplo.

As atividades destacadas foram limpar dos vidros (um gasto de 115 calorias em 20 minutos), varrer o chão (194 calorias em 40 minutos), limpar o pó (200 calorias em 40 minutos) e a casa de banho (100 calorias em 20 minutos). Lembre-se disto quando estiver com preguiça de realizar as tarefas domésticas.

3. Salte à corda mais vezes

Saltar à corda pode parecer uma brincadeira de miúdos mas é um exercício bastante completo: trabalha a coordenação, pernas e braços, além da componente cardiovascular. E ainda tonifica o corpo e combate a celulite. Se o fizer, pelo menos, cinco minutos seguidos já está a contribuir para o resultado final. É que, para ter noção, 15 minutos deste movimento equivalem a 30 de corrida. Neste período consegue queimar 300 calorias.

Além disso, esta atividade “ajuda a aumentar a resistência e a fortalecer o coração, tonifica o corpo, melhora o equilíbrio, corrige a postura, desenvolve a coordenação neuromuscular e, uma boa notícia para o sexo feminino, ajuda a combater a celulite”, diz à NiT o personal trainer.

Antes de passar para o movimento de saltar, garanta que alinha o pescoço, a cabeça e a coluna vertebral. Deve manter a barriga encolhida (ligeira contração dos abdominais), os ombros baixos, os cotovelos junto do corpo e os antebraços quase a 90 graus em relação aos braços.

No que diz respeito à alimentação, vale a pena destacar também aqueles que são conhecidos como os alimentos com calorias negativas. Ou seja, que fazem com que o organismo gaste mais energia a digeri-los do que aquela que eles realmente fornecem.

Apesar de não existir nenhum estudo que comprove a existência deles, há algumas frutas e vegetais pouco calóricos, com níveis elevados de água e com grandes quantidades de fibra, que acabam por assumir algumas das características dos supostos alimentos com calorias negativas. Carregue na galeria para saber quais são.