NiTfm live

Saúde

É por isto que está sempre com cãibras

Não é por acaso, existem motivos para isso acontecer. Boas notícias: e soluções também. A NiT explica-lhe tudo.

Aparecem de repente, fazem-nos perder o controlo e não nos permitem fazer ou pensar em mais nada durante aqueles segundos (às vezes minutos). As cãibras são dores traiçoeiras e agressivas mas podem ser evitadas.

Mas afinal, o que é isto? Segundo Pedro Nunes, PT na cadeia de ginásios Holmes Place, são contrações musculares intensas súbitas, dolorosas e involuntárias, que podem acontecer em qualquer parte do corpo.

Elas podem aparecer quando estamos a dormir, sentados a ver televisão e, principalmente, durante ou depois de fazermos exercício físico.

Porque é que temos cãibras?

“As cãibras podem estar relacionada com a sobrecarga/fadiga muscular ou, por outro lado, com a perda excessiva de fluídos e de sódio”, explica à NiT.

Nos casos de sobrecarga, o facto de haver uma grande acumulação de ácido láctico faz com que o músculo perca a sua capacidade de contrair e alongar de forma momentânea. Resultado: há uma paragem desse movimento através de uma contração involuntária.

Nas outras situações, de acordo com o especialista, pode haver uma “correlação direta com a desidratação” e o “défice da concentração de sais minerais no corpo”, como cálcio, magnésio, potássio e sódio.

Durante o exercício há, então, um desgaste maior a nível muscular que acentua estas situações, já que há uma grande perda de sódio pelo suor. No entanto, como sabemos, existem outras alturas onde também temos cãibras, mesmo não tendo sido realizado exercício. Isto acontece porque os tais minerais não têm sido repostos através de uma da alimentação e da hidratação.

Em alguns casos, alongar pode ajudar.

O que é que se deve fazer nesta situação?

Se o problema for fadiga muscular, a prática de alongamentos estáticos são uma ótima solução. Para ajudar, junte uma massagem (com ou sem gelo) na zona afetada. Se fizer parte do grupo de pessoas que tem uma perda de fluídos e sódio, a prevenção está numa alimentação equilibrada. Além disso, deve manter-se sempre hidratado, principalmente até uma hora antes da prova ou do treino. Para repor os níveis de minerais e sódio, segundo Pedro Nunes, há alguns tipos de gel e bebidas isotónicas que ajudam a evitar estas dores.

A NiT também já lhe sugeriu quatro alimentos e uma bebida que ajudam a evitar cãibras.