NiTfm live

Alimentação Saudável

4 truques para controlar a vontade de comer doces (aprovados por uma nutricionista)

A autora do blogue NiT "Põe-te na Linha", Maria Gama, selecionou alguns passos simples para resistir às tentações.
Para não cair em tentação.

A vontade de comer doces está relacionada com a baixa quantidade de seratonina no organismo. Este neurotransmissor é responsável pela sensação de bem-estar e também serve para controlar o nosso humor e o apetite. A falta da hormona pode causar um comportamento compulsivo e até o aumento do desejo de comer doces e carboidratos.

Se apanhar sol com regularidade, praticar exercício e tiver uma alimentação saudável e equilibrada, é possível produzir a seratonina nos níveis adequados e ter um controlo maior das emoções. Mas se, ainda assim, for impossível resistir aos doces, a nutricionista Maria Gama, do blogue NiT “Põe-te na Linha” tem alguns truques para si.

“Não pensem que os nutricionistas não comem nada destas coisas. Eu, pelo menos, sempre gostei e vou comer sempre doces mas, claro, com conta, peso e medida. Na altura em que não comia arroz, massa, batata e sobremesas, tinha mais 15 quilos do que tenho hoje. A conclusão a que chego é que aprendi a comer”, conta Maria Gama à NiT.

Almoçar ou jantar fora não deve ser sinónimo de pedir sobremesa. O ideal é avaliar se vale mesmo a pena, se ainda está com fome e se ficará satisfeito ao dividir o doce com alguém. Muitas vezes, as opções favoritas são as piores. Em vez de bani-las para sempre, pode guardá-las para uma ocasião especial.

“As mudanças não acontecem da noite para o dia mas, se todos os dias fizerem um bocadinho melhor, garanto que vão começar a ver os resultados e a ficar motivados para continuar”, explica a especialista.

Pode parecer complicado mas, na verdade, é bastante simples. A autora do blogue “Põe-te na Linha“ revela à NiT quatro truques para controlar de uma vez por todas a vontade de comer doces.

1. Comer bem durante o dia

Quando for jantar fora, não vá com a ideia de que precisa aproveitar tudo aquilo a que tem direito. Se mantiver a alimentação equilibrada ao longo do dia, quando chegar ao restaurante não vai estar esfomeado e pronto para comer o que estiver à mesa.

2. Comece pela sopa

Pode até achar que não, mas faz todo sentido pedir uma sopa como entrada nos restaurantes. Nem precisa de se preocupar se é feita com batatas ou não. É melhor comer sopa com batata do que rissóis, croquetes e pães, ou ficar com fome e atacar a sobremesa.

3. Comer bem ao jantar

Aproveite o jantar e escolha um bom prato. Não deixe de comer só para poder escolher uma sobremesa no final da refeição. “A minha dica é começar pela sopa e só depois o prato principal. Se fico satisfeita, é menos provável que peça uma sobremesa”, conta Maria Gama.

4. Pense antes de pedir a sobremesa

Avalie a carta de sobremesas antes de pedir. As opções são mesmo aquelas que gostaria de comer? Vale a pena ou vai comer porque está num restaurante? Além disso, é importante pensar na programação que tem durante toda a semana e se haverá outro momento especial em que será ainda mais difícil resistir aos doces.

Atualmente é possível optar por alimentos mais saudáveis e reinventar sobremesas quando apetecer algo doce. Carregue na galeria para ver algumas sugestões saudáveis e rápidas de preparar.