Alimentação Saudável

Cuidado com as refeições pré-cozinhadas — elas não são o que parecem

Lasanhas, hambúrgueres e até refeições supostamente saudáveis. Deve ficar desconfiado de tudo. A NiT explica-lhe o porquê.

Depois de ler este artigo já não vai estar tão sorridente.

São fáceis de preparar, práticas, rápidas e uma ajuda preciosa para quem não tem muito tempo ou não gosta de cozinhar. O problema é que nem as que se apresentam como saudáveis são realmente uma boa escolha.

“O grande problema é que quase todas as refeições que encontramos nos supermercados deixam muito a desejar em termos de qualidade nutricional e de ingredientes”, alerta à NiT a nutricionista Bárbara de Almeida Araújo, autora do blogue “Manias de Uma Dietista“.

Normalmente, estas refeições pré-feitas contêm açúcar, sal e gordura a mais para dar sabor. Ou seja, tudo o que a dieta não precisa. Muitas delas, segundo a especialista, podem até ter emulsionantes e corantes. E não se esqueça de que os ingredientes utilizados são sempre mais baratos e menos saudáveis.

Quer isto dizer que também não contêm os mesmos nutrientes comparativamente com uma refeição caseira. A escolha também é limitada. Lasanhas, pizza, canelones, bacalhau espiritual, arroz de pato, bacalhau com natas, nuggets e douradinhos são algumas das refeições que pode encontrar à venda.

Cuidado com elas.

Num ranking feito pela NiT sobre as piores lasanhas à venda no supermercados comprovou-se isso mesmo. A que ocupou a primeira posição, a lasanha de salmão e espinafres da Auschan, contém 194 calorias por cada 100 gramas. Como a unidade tem 400 gramas, significam 776 calorias. Depois, foi feito um ranking com as melhores opções ou, se preferir, menos boas. A lasanha bolonhesa Continente ficou em primeiro lugar mas, ainda assim, contém 128,3 calorias por cada 100 gramas, o que não é assim tão diferente.

E as refeições pré-cozinhas congeladas “saudáveis”, são boas opções?

Com a maior consciência para a importância de ter um estilo de vida saudável, as marcas apostaram em refeições pré-feitas “saudáveis”. Alguns supermercados, como o Continente, já vendem croquetes de vegetais e empadas de espinafres, além de vários produtos sem glúten. A embalagem leva-nos a crer que poderão ser mais saudáveis mas, infelizmente, não são.

“Na generalidade, contêm, tal como as anteriores, emulsionantes, corantes e gorduras pouco saudáveis. Ou seja, o facto de estarem na secção “saudável” não faz com que um produto seja equilibrado e isento de aditivos. Deve ter atenção a isso”, alerta a especialista.

As empanadilhas de espinafres da marca Veggis à venda nos supermercados Continente contêm 240 calorias por cada 100 gramas. Sim, leu bem: 240. Já as empadas de soja, da mesma marca, significam 291 calorias por cada 100 gramas. Se compararmos, estas alternativas saudáveis ainda têm mais calorias do que as lasanhas. O facto de serem vegetarianas não significam que são saudáveis.

Se durante a semana tem pouco tempo para cozinhar o melhor é tirar um dia para organizar as refeições da semana — pode ver algumas sugestões que a NiT já deu. Outro conselho da nutricionista, se tiver mesmo de recorrer às refeições congeladas, é ler sempre o rótulo e estar atento à lista de ingredientes.

“Sempre que possível escolha uma refeição que não contenha açúcar adicionado e aditivos”, aconselha.