Alimentação Saudável

Qual é a carne mais saudável: frango ou peru?

A quantidade de proteína é semelhante, mas já não se pode dizer o mesmo em relação aos níveis de gordura. A NiT falou com a nutricionista Joana Branco, do Holmes Place, para descobrir quem ganha este título.

Em 2015 a Organização Mundial de Saúde revelou que o consumo de carnes vermelhas, como a de vaca ou de porco, podiam provocar cancro, bem como a carne processada. O mesmo não se passa com as carnes brancas, como o frango e o peru, uma vez que são mais ricas em nutrientes e benéficas para o colesterol. Mas afinal, qual delas é a carne mais saudável?

A alimentação saudável está cada vez mais presente em casa e até mesmo nos restaurantes. E as carnes deram lugar ao tofu e à soja, por exemplo. No entanto, a proteína animal continua a ser uma das mais procuradas. E nesta área são as carnes brancas que têm mais importância.

Esta escolha deve-se aos benefícios da carne de frango e de peru: “Sendo estas mais magras e isentas de gordura saturada, conseguem diminuir o consumo de lípidos e aumentar a ingestão de proteína de alto valor biológico”, explica à NiT Joana Branco, nutricionista do Holmes Place.

Embora a preferência seja mais por este tipo de carnes, raramente nos debatemos com qual das duas é a melhor escolha.

A quantidade de proteína na carne de frango e peru é bastante semelhante, uma vez que ambas têm cerca de 20 gramas por 100. Contudo, a história já não é a mesma em relação aos níveis de gordura e esta é a principal diferença entre as duas. Embora sejam ambas carnes magras, quando comparadas, “o frango apresenta o dobro da quantidade de lípidos do peru”, diz a nutricionista.

Isto quer dizer que apesar dos níveis de proteína estarem equilibrados, o teor de gordura define quem ganha o título de carne mais saudável: o peru.

Contudo, isto não invalida o facto de cada pessoa ter necessidades individuais diferentes e precisar de consumir mais uma carne do que outra, devidos aos nutrientes de cada uma. Por exemplo, a de peru traz benefícios para todo o tipo de dietas e é ainda mais vantajosa “para dietas hiperproteícas, onde a absorção de proteína é muito mais elevada e o teor de gordura é mínimo”.

Quero sugerir uma alteração ao texto ou enviar uma mensagem ao autor deste artigo  

outros artigos de alimentação saudável