Alimentação Saudável

Porque é que toda a gente está a emagrecer com a dieta keto?

É um método rico em gorduras e baixo em hidratos de carbono. O livro "A Dieta Keto" sugere um plano alimentar de 14 dias.
Vai ter de seguir uma lista de compras específica.

Alguns conhecem-na como a dieta keto. Outros sempre ouviram falar no método cetogénico. Independentemente do termo, o que é certo é que esta fórmula promete ajudar a emagrecer (e ser mais saudável) em apenas duas semanas. Resultado: é um verdadeiro sucesso. O livro “A Dieta Keto” — escrito pela chef americana Amy Ramos e que chegou a Portugal no início de fevereiro — é mais uma prova disso.

De forma resumida, este é um tipo de alimentação rico em gorduras e baixo em hidratos de carbono. Há quem diga que estamos perante um fenómeno semelhante ao da dieta paleo.

Mas vamos ao que interessa. Normalmente, o nosso corpo utiliza os hidratos de carbono como fonte energética. No entanto, quando eles não existem em quantidade suficiente o nosso corpo passa a queimar mais rapidamente a gordura e a utilizá-la como fonte de energia, produzindo corpos cetónicos. Diz-se que o corpo está em cetose.

Desta forma, além de não provocar picos de glucose no sangue, “não sentirá os altos e baixos de quando ingere grandes quantidades de hidratos de carbono”, como explica a chef de cozinha no seu livro.

Os benefícios continuam: permite uma maior perda de peso (sobretudo, gordura corporal); diminui do açúcar no sangue; reduz dos valores dos triglicéridos; baixa a tensão arterial; melhora os níveis de colesterol; e melhora a função cerebral.

Na dieta cetogénica, a regra geral é ingerir duas mil calorias por dia, sendo que o valor pode variar mais ou menos de acordo com o atual peso e níveis de atividade física de cada pessoa. Em termos práticos, 70 por cento das calorias deve ser proveniente da gordura, 20 corresponde às proteínas e cinco por cento aos hidratos de carbono.

Não pense que este método inclui apenas alimentos aborrecidos e sem sabor. Na verdade, vai poder comer bacon, ovos e produtos lácteos, por exemplo.

Passos essenciais para seguir esta dieta

O novo livro da Editorial Presença (que custa 14,90€) sugere cinco passos simples para se tornar cetogénico.

1. Limpe e organize a despensa. Os amidos e cereais (massas, arroz, batata, milho, aveia, quinoa, pão, wraps e croissants), os alimentos doces e bebidas açucaradas (refrigerantes, sumos de fruta, leite, sobremesas, chocolate de leite) e as leguminosas (feijões, ervilhas e lentilhas) devem ser descartados. O mesmo pode dizer-se das gorduras e óleos polinsaturados processados (como óleo de girassol, de cártamo, de soja e de milho) — azeite, óleo de abacate e óleo de coco são as gorduras que deve privilegiar , e da fruta rica em hidratos (banana, tâmaras, uvas, mangas e maçãs).

2. Vá às compras. Depois de retirar aquilo que não interessa, deve fazer uma nova lista de alimentos. Para preparar refeições e lanches na dieta cetogénica, precisa de água, café, chá, todas as ervas e especiarias, stevia, sumo de limão, frutos secos de casca rija e sementes. As carnes, os produtos hortícolas, algumas frutas (como frutos vermelhos)e lacticínios podem e devem fazer parte da nova alimentação.

3. Organize a sua cozinha. É super importante ter todos os utensílios necessários, como balança, liquidificador e espiralizador.

4. Defina um plano de refeições. Este é um dos passos mais importantes para ter sucesso na dieta. Para facilitar, o livro “A Dieta Keto” traz 75 receitas, listas de alimentos e um plano de refeições para 14 dias com pequenos-almoços, almoços, lanches e jantares de preparação fácil.

5. Pratique exercício físico. À medida que for vendo os quilos a diminuir, vai pensar como é que pode perder ainda mais peso. A resposta é simples: a fazer desporto. Seja ir ao ginásio ou caminhar apenas 30 minutos, este passo vai fazer toda a diferença.

Vamos voltar às refeições. A NiT tem cinco receitas do novo livro para partilhar. Carregue na galeria para as conhecer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT